quinta-feira, 11 de março de 2010

Bolo de limão rosa

Vejo muitas receitas utilizando limão siciliano. Acho uma fruta muito bonita, mas quando consegui encontrar para comprar, o sabor não me conquistou. Acredito que o limão que mais goste seja, mesmo, o rosa. Ele é menos ácido que o taiti, por exemplo. Se for para fazer recheio de torta de limão que não leve gelatina, o rosa não é suficiente para endurecer o creme, mas ainda assim, nas demais preparações, fica muito bom.


Como alguns foram doados de algum pomar e deixados na fruteira, tratei de encontrar um bolo à altura. Busquei no Chucrute com Salsicha.

Bolo de limão rosa

2 ovos
1/2 xícara [113gr] de margarina
1 xícara de açúcar
3/4 xícara de leite
1 3/4 xícara de farinha de trigo
1 colher de sopa de raspas de limão
1 1/4 colher de chá de fermento em pó

A receita original levava lavanda. Como não tinha, cheguei a ferver o leite usado na receita com algumas sementes de cardamomo, mas não deu a mínima diferença e sabor. Então podemos desconsiderar este fato.

Já o modo de fazer, usei o tradicional: bati as claras em neve. À parte, bati as gemas, margarina e açúcar [cristal] até virar um creme esbranquiçado e fui adicionando o restante dos ingredientes. No final, incorporei as claras em neve e levei assar.


O bolo ficou muito bom. Leve ácido e sabor do limão e fez o maior suceso no café da tarde.

O que achei interessante é que a Fernanda, do Chucrute com Salsicha sempre fala que gosta mais de bolos de massa densa e talz. Imagino que este seja bem do jeito que ela gosta. Para mim, deveria ter ficado pouca coisa mais fofinho, mas ainda assim foi uma delícia!




2 comentários:

  1. Eu também prefiro mil vezes o limão rosa ao comum. Adoro.
    Muito legal sua receita de bolo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Esse bolo ficou muito bom!!! =)

    ResponderExcluir