domingo, 11 de maio de 2014

Almoço do Dia das Mães - árabe

Como homenagear as mulheres mais importantes da minha vida? Cozinhando para elas, claro! E assim surgiu a ideia de fazer o almoço de Dia das Mães deste ano aqui em casa. Geralmente no domingo vamos almoçar na casa da minha mãe. O Pedro já aproveita para fazer uma baguncinha boa na casa dos avós, a gente come comidinha caprichada... Mas desta vez foi diferente.

Ok. Teremos um almoço. Mas o que cozinhar? Sabe quando não há inspiração? Nenhuma! Fiquei a semana toda olhando receitas, peguei a caixa de livros, folheei, separei as interessantes e... todas doces. Não ajudou!

Então decidimos que seria panqueca. Mas, no mesmo dia, passou o primeiro programa da nova temporada do Tempero de Família, em que o Rodrigo Hilbert vai à casa das pessoas mostrar as receitas deles. Almoço árabe. Tá aí! Esse foi o cardápio escolhido para a nossa refeição. Um tradicional almoço árabe. Tradicional para alguém,  não para a gente que é tão árabe quanto chinês.



MUJADARA

2 cebolas grandes, em fatias (não muito finas)
3 dentes de alho picados
1x de arroz cru
2x de lentilhas cozidas mas firmes
1 ½ cc de cominho
½ cc de canela
2 cs de azeite
sal, pimenta do reino a gosto

Em uma panela média, frite uma cebola em 1 cs de azeite até ficar transparente. Junte o alho e o arroz e refogue durante alguns minutos, até o alho ficar dourado. Acrescente o cominho e a canela e mexa bem. Junte a lentilha cozida, 3 xícaras de água, sal a gosto, tampe e deixe cozinhar até o arroz ficar macio. Enquanto isso, em uma frigideira pequena, aqueça o resto do azeite e cozinhe a outra cebola em fogo baixo até começar a caramelizar. Cebola, por mais estranho que pareça, tem açúcar e se cozinharmos ela em fogo baixo durante 15, 20 minutos esse açúcar é liberado e ela fica ligeiramente caramelizada. Mexa de vez em quando e mantenha o fogo baixíssimo pra cebola não queimar. Quando o arroz e a lentilha estiverem cozidos prove o sal e acrescente mais um pouco, se necessário. Tempere com pimenta do reino, despeje as cebolas caramelizadas por cima e sirva acompanhado da salada.
TABULE

80g de trigo para quibe
1 tomate
1/2 cebola
1 pimentão amarelo
1 pepino japonês
1 limão
1 ramo de hortelã
1 ramo de salsinha
3 folhas de alface (acabei esquecendo)
Azeite
Sal

O trigo ficou de molho desde a noite anterior. O restante dos ingredientes foram picados em quadradinhos e temperados com o suco de limão, sal, hortelã, salsinha e azeite.

CHARUTO RECHEADO

Para fazer o arroz
1 dentes de alho
1/2 cebola
1 xícaras de arroz
1 xícaras de água
Sal a gosto

Refogue o alho e a cebola. Acrescente o arroz, misture e junte a água. Deixe cozinhar por 10 minutos. Ele deve ficar pré-cozido.

Para fazer a carne moída
400g de patinho moído
1/2 cebola media
1 dente de alho
1/2 ramo de hortelã
1/2 ramo de salsinha
1 colher de tempero árabe pronto
1 limão
Sal a gosto

Tempere a carne moída com a cebola picada, o alho, o hortelã, a salsinha, o tempero árabe, o limão e o sal. Misture bem. Deixe descansar por 15 minutos.

Molho de tomate
2 latas de tomate pelado
2 tomates in natura
1 cebola
1 dente de alho
Sal
1 colher de chá de tempero árabe
Salsinha

Refogue o alho e a cebola. Bata os tomates no liquidificador junto com os temperos refogados. Junte uns 400ml de água e deixe apurando em fogo baixo. Tempere e pronto.

Para fazer o charuto
Ingredientes:
10 folhas grandes de repolho verde
Mistura do arroz pré cozido com a carne
Molho de tomate

Separe as folhas do repolho e coloque na água fervente. Leve ao fogo por uns 5 minutos para amolecer. Coloque umas duas colheres do recheio dentro das folhas e enrole fechando as laterais como um envelope. Em uma panela, acomode os charutos e jogue o molho por cima. Deixe cozinhar por cerca de 20 minutos.

QUIBE ASSADO

1 kg de patinho moído
250g de trigo para quiibe
1 cebola média
1 dente de alho
1 ramo de hortelã
2 ramos de salsinha
1 colher de pimenta síria
1 limão
Sal
Azeite

Deixe o trigo de molho desde a noite anterior. Escorra e misture ao restante dos ingredientes. Acomode num refratário e regue com azeite. Leve ao forno a 230º por uns 40 minutos.

HUMMUS

1 xícara de grão de bico seco
2 dentes de alho pequenos descascados
1 colher de sopa de salsinha picada (pode ser desidratada, mas a fresca fica melhor)
4 colheres de sopa de azeite de oliva
4 ou 5 colheres de tahine
Suco de meio limão
Sal a gosto

Deixe o grão de bico de molho em água com um pouco de vinagre por pelo menos 8 horas. Escorra e bata com os demais ingredientes no liquidificador. Pode ser necessário colocar mais um pouco de água e ajudar com uma colher (muito cuidado!), para conseguir bater. Tem que ficar bem homogêneo.
TAHINE

quanto baste de sal
1/2 xícara (chá) de gergelim branco
quanto baste de água morna
1 colher (chá) de óleo de gergelim

Moa as sementes de gergelim com o óleo em um liquidificador e vá adicionando a água e o sal até que fique macio.
Esta quantidade já é a suficiente para fazer o hummus. Bato primeiro o tahine e já adiciono os ingredientes da próxima receita no copo do liquidificador. Dá para comprar pronto, mas modéstia à parte, essa foi a melhor receita de hummus que comi ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário